O que é upcycling?

Se você está por dentro dos últimos debates no mundo da moda, provavelmente já se cruzou com o nome upcycling.

Mas, o que é isso afinal?

De modo bem geral, o upcycling é um movimento de reaproveitar materiais, dando um novo conceito a eles, sem deixar de preservar sua qualidade. O upcycling está ali juntinho da discussão sobre moda e sustentabilidade, uma pauta bem atual em tempos de recessão econômica e pandemia.

Quer entender melhor? A seguir, saiba mais sobre o upcycling e veja como ele pode contribuir para uma moda que reduz o desperdício e beneficia o planeta.

O termo upcycling

Apesar de ter caído na boca dos fashionistas recentemente, o termo upcycling é bem antigo. Ele foi utilizado pela primeira vez lá nos anos 90, mais ou menos em 1994, pelo ambientalista alemão Reine Pilz em entrevista. 

“Reciclagem? Eu chamo isso de downcycling. Eles quebram tijolos, concreto, eles quebram tudo. O que precisamos é de upcycling, onde é dado mais valor aos produtos antigos e não menos”. Ele se referia a uma situação na Alemanha onde havia uma grande quantidade de blocos de madeira recuperada de um fornecedor inglês, enquanto apenas abaixo da estrada, uma carga de blocos semelhante foi desmantelada.

Após 8 anos, em 2002, os autores do livro ‘Cradle to Cradle William McDonough’, traduzido para ‘Cradle to cradle: criar e reciclar ilimitadamente’, Michael Braungart e William McDonough, reutilizaram a palavra. Depois da publicação, voltamos a ouvir falar sobre upcycling por aí.

Lembrando que o upcycling pode ser aplicado em outras áreas como arte, decoração e arquitetura. Na indústria da moda, ele tem um grande impacto na forma como são produzidas as peças.

Diferença entre upcycling e reciclagem

Quando se pensa em upcycling e em tudo que ele representa, é fácil associá-lo à reciclagem. Porém, as duas técnicas são mais diferentes do que você imagina.

Reciclagem no dicionário é “recuperação da parte reutilizável dos dejetos do sistema de produção ou de consumo, para reintroduzi-los no ciclo de produção de que provêm.” Ou seja, um material é recuperado, para que possa ser utilizado novamente em outro momento. O jornal, por exemplo, pode ser reciclado e virar folha de sulfite. Ele continua sendo o mesmo material, papel.

Já no upcycling, são recuperados resíduos que seriam desperdiçados e eles são transformados em objetos novos. No universo da moda, podemos dizer que é utilizar retalhos de uma calça velha, que será jogada fora, e fazer um vestido. O “up” do upcycling produz reforça a ideia de dar uma repaginada numa peça, e deixá-la melhor do que era.

Por que o upcycling é uma tendência tão forte atualmente?

Já falamos por aqui – leia mais em Moda e Sustentabilidade: qual a relação? – sobre a necessidade das empresas de vestuário e acessórios passarem a se preocupar mais com os resíduos que deixam no planeta, ter se intensificado em 2018.

As revistas falavam fervorosamente sobre o assunto e, em paralelo, movimentos como o veganismo iam crescendo e ganhando maior visibilidade.

Pandemia

Em 2020, com a chegada da pandemia de Covid-19, surgiram ainda mais discussões e novas tendências sobre atrelar a moda à sustentabilidade, respeitando o meio ambiente e a sociedade de modo geral. Um ambiente doente produziu uma doença que impactou todo o mundo e fez com que a humanidade tivesse mais noção da fragilidade do sistema que fazemos parte.

Assim, movimentos que já vinham se desenvolvendo como o slow fashion, o aluguel de roupas, a compra em brechós e o upcycling, ganharam ainda mais força.

Nesse mesmo ano, a ISLA incrementou seu portfólio de produtos com a Bolsa Baú em Palha e Crochê Vichy com Alça de Couro Natural, a Bolsa em Palha e Crochê com Alça de Resina e a Bolsa Aurora Tote em Crochê de Sisal – Bronze. Feitas artesanalmente de forma sustentável através do uso de resíduos têxteis, as peças receberam elaboradas técnicas de tecimento manual, firmando um compromisso com a sustentabilidade e a inclusão social de mulheres através do incentivo da mão de obra local. 

Técnicas associadas ao upcycling

Patchwork

É uma técnica de upcycling em que são unidos diferentes tecidos em uma única peça, criando um visual bem diferente. Aqui no Brasil, pode ser chamado também de tecido em retalhos. Vários estilistas já apresentaram nas passarelas as suas próprias versões, assim como Tom Ford no outono-inverno 2020.

Rework

O rework é a técnica de retrabalhar uma peça para dar vida nova a ela. Nem sempre um rework será upcycling, já que a roupa ou o acessório não precisa ser feito a partir de resíduos. Uma customização pode ser considerada o Rework de uma peça, por exemplo.

Tem sido comumente utilizado para designar a estética de peças que não escondem que foram recicladas, com costuras aparentes, cores diferentes, recortes e uma estética de retalhos.

Gostou de saber mais sobre o upcycling e tem refletido sobre moda e sustentabilidade? Acesse nosso site, escolha sua ISLA e adquira um produto duradouro, de qualidade e de uma grife que alinha seus meios de produção à sustentabilidade

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Mini bolsas: conheça mais sobre essa tendência!